Como estimular hábitos de higiene para crianças?

Os primeiros anos da infância compõem uma fase repleta de novos aprendizados, descobertas e de um intenso desenvolvimento cognitivo, intelectual e motor. É, também, a época ideal para ensinar e incentivar os hábitos de higiene para crianças, destacando a importância de cuidar da saúde e do bem-estar.

Nesse cenário, a escola de educação infantil tem um papel essencial, junto à família, ao transmitir os primeiros ensinamentos e os costumes que permanecerão durante toda a vida dos alunos, incluindo os cuidados com o próprio corpo.

Ao longo deste texto, falaremos sobre a importância de promover a adoção de hábitos diários mais saudáveis e apresentaremos propostas de atividades que poderão entusiasmar os pequenos em relação ao cuidado com a higiene. Confira!

Qual a importância de falar sobre a higiene na escola de educação infantil?

Como destacamos na introdução deste artigo, o ambiente escolar tem uma grande contribuição no que diz respeito à formação dos alunos e à adesão de hábitos de higiene para crianças.

Afinal, enquanto o núcleo familiar deve servir de exemplo para que as crianças reconheçam a necessidade de cuidar da higiene, além de incentivar ações diárias, tais como lavar as mãos antes das refeições, escovar os dentes ou tomar banho, os educadores têm uma função primordial ao buscar ferramentas pedagógicas para ensinar os pequenos como conhecer, respeitar e cuidar de seu próprio corpo.

Ao serem apresentados a cada hábito de higiene de forma didática e lúdica, os alunos também darão maior atenção a essas atividades e, aos poucos, vão incorporá-las ao seu dia a dia. Dessa forma, eles passarão a vê-las com mais naturalidade em vez de enxergá-las como uma obrigação e um momento desagradável.

Como a escola pode estimular os hábitos de higiene para crianças?

Nesta segunda parte do texto, vamos falar sobre algumas ações simples e criativas que podem ser aplicadas em turmas de educação infantil de diferentes estágios de aprendizagem para estimular os hábitos de higiene para crianças.

Confira as nossas sugestões a seguir.

Apresentar os objetos para higiene de maneira lúdica

Hábitos de higiene que precisam ser executados várias vezes ao longo do dia, como lavar as mãos e escovar os dentes, muitas vezes acabam sendo esquecidos pelas crianças ou considerados como algo tedioso, justamente devido à necessidade de repetição.

Com o objetivo de estimular esses costumes, uma boa sugestão é utilizar sabonetes coloridos e com formatos diferenciados, pastas de dente com aromas mais atraentes para os pequenos ou mesmo decorar os banheiros com figuras e personagens ilustrados que possam tornar os momentos de higiene mais recreativos e interessantes.

Além disso, também é possível desenvolver atividades em sala de aula que apresentem de maneira diferenciada os objetos de higiene pessoal e os cuidados com a saúde e com o corpo, como jogos da memória, caça-palavras, bingo ou quebra-cabeças.

Atualmente, aproveitando os benefícios da tecnologia, os educadores podem contar com o suporte de bons aplicativos que ensinam e conscientizam as crianças, trabalhando o raciocínio de um modo interativo e bastante didático.

Utilizar livros e gibis

Existem inúmeros livros e histórias em quadrinhos voltados especialmente ao público infantil, os quais abordam diversos temas relativos à higiene por meio de narrativas simples, ilustrações divertidas e uma linguagem adequada a cada faixa etária — são ótimas sugestões para se utilizar em classe.

O professor pode reservar alguns momentos da aula para ler esses materiais com os alunos ou, até mesmo, trabalhar com eles na elaboração de uma cartilha escrita e ilustrada pelas próprias crianças, destacando as ações de higiene e os objetos utilizados para realizar essas atividades cotidianas.

Propor atividades musicais

A música possui um papel muito importante na educação infantil ao estimular a atenção, a memória, a coordenação motora e facilitar o processo de aprendizagem das crianças.

Nesse contexto, utilizar canções que abordem o tema da higiene, incentivando as crianças a cantar, a dançar e a fazer gestos e mímicas, pode ser uma solução eficiente para ensiná-las a cuidar melhor de sua saúde e do seu bem-estar de uma forma mais leve e divertida. Experimente!

Assistir a vídeos

Desenhos animados, filmes de curta duração voltados especialmente para o público infantil e programas educativos também são ótimas ferramentas para atrair a atenção das crianças e trazer diferentes abordagens para ensinar a importância da higiene.

Por meio do uso de sites e aplicativos de vídeo, os professores podem encontrar diversas sugestões de conteúdo pedagógico com abordagens direcionadas para os alunos de diferentes etapas da educação infantil.

Promover rodas de conversa

As rodas de conversa são momentos importantes de aprendizagem e troca de informações entre os professores e os seus alunos.

Elas são dinâmicas e tendem a agradar os pequenos, constituindo uma oportunidade excelente para que o educador possa ressaltar a importância que os hábitos de higiene devem ter no dia a dia das crianças. Além disso, o momento serve para incentivá-las a falar sobre os costumes já adquiridos, tirar dúvidas e avaliar o aprendizado delas sobre o tema.

Outra boa proposta é aproveitar as dicas anteriores sobre o uso de livros, gibis, vídeos e músicas com temas sobre a higiene e utilizar esses materiais como base para dar início à conversação com as crianças e encorajar a participação dos pequenos nesse tipo de atividade.

Como você pode perceber, existem diversas ferramentas que permitem ao educador abordar temas como a higiene, a saúde e o bem-estar desde os primeiros anos da educação infantil, de uma forma tranquila e divertida, despertando um interesse genuíno por parte dos alunos.

No entanto, para que essas iniciativas alcancem os objetivos esperados com sucesso, é preciso que os coordenadores e os professores atuem em conjunto para selecionar os exercícios ideais para cada faixa etária e realizem um acompanhamento constante para avaliar a continuidade ou a necessidade de mudanças nas tarefas propostas.

E você, gostou deste artigo sobre como estimular os hábitos de higiene para crianças? Tem outras dicas de atividades pedagógicas relacionadas ao tema, dúvidas ou sugestões? Então, deixe o seu comentário ao final do texto! Sua opinião fará toda a diferença!