Datas comemorativas na educação infantil: saiba como utilizar

Plano de aula segundo a BNCCPowered by Rock Convert

O Brasil é um país marcado por sua diversidade e pluralidade cultural, religiosa e econômica. Isso fica claro quando olhamos para o nosso calendário de festividades. Para os professores, isso representa oportunidades de abordar as datas comemorativas na educação infantil de forma didática.

Trata-se de um grande desafio, visto que é preciso um planejamento de atividades pedagógicas que sejam relevantes para o desenvolvimento das crianças. Nesse sentido, fatores como o respeito às diversidades culturais e religiosas do aluno devem ser colocados no centro do debate.

Neste artigo, abordaremos o uso dessas temáticas no ambiente escolar. Acompanhe!

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Como usar datas temáticas para propor eventos escolares?

As temáticas são variadas e passam por celebrações religiosas, marcos históricos, aspectos relevantes da cidadania, entre outros. Trabalhar as datas comemorativas na educação infantil se mostra, portanto, como uma atividade necessária, mas que precisa ser inovada.

Inseri-las no planejamento pedagógico significa usá-las como ferramentas para abordar valores e conhecimentos específicos. Isso significa que as ações aplicadas devem apresentar alto valor formativo e estimular o respeito e a consciência sobre os acontecimentos históricos que marcaram a sociedade brasileira.

Nessa perspectiva, é importante que a escola trabalhe também datas temáticas nos âmbitos local e regional. Um ponto de partida interessante para planejar essas atividades é contemplar as competências previstas pela BNCC. Conheça algumas delas:

  • o desenvolvimento da fala e escuta;
  • a movimentação do corpo;
  •  a abordagem de sensações e sentimentos como a empatia e a gratidão.

Quais datas comemorativas trabalhar na educação infantil?

Listaremos a seguir algumas das principais datas comemorativas na educação infantil, que podem ser trabalhadas ao longo do ano. Confira!

Janeiro

Em janeiro, o tema é a Volta às Aulas. É importante celebrar o começo do ciclo, especialmente porque a relação entre professor e alunos na educação infantil é marcada por um apego emocional maior em relação às outras etapas escolares. A dinâmica dos balões surpresa pode ser uma boa pedida para que todos se conheçam.

Fevereiro

Nesse mês é celebrado o Carnaval, uma festa que representa muito da identidade do nosso país. Nas escolas infantis, é interessante utilizar um viés lúdico e aproveitar a oportunidade para ensinar sobre a cultura popular brasileira.

Como existe uma grande diversidade em como essa celebração acontece no Brasil, é importante demonstrar e valorizar esses variados aspectos culturais. Uma opção é fazer um grande desfile carnavalesco na escola, no qual cada turma ficará responsável por mostrar como essa festa acontece nas regiões brasileiras.

Março

O Dia da Escola (15 de março) é um gatilho interessante para incentivar o apreço pelo aprendizado. Uma opção é criar, junto com os alunos, um mural que coloque em evidência o que eles mais gostam em relação à escola. A criação pode ser revisitada ao longo do ano, após cada atividade marcante na trajetória de cada criança.

Outras datas: Dia Internacional da Mulher, Dia da Água, Dia do Circo e Dia da Poesia.

Abril

O Dia do Livro (18 de abril) pode ser um pretexto valioso para despertar o interesse pela leitura. Nesse sentido, o uso das datas comemorativas na educação infantil deve despertar a curiosidade dos alunos. Uma ideia promissora é confeccionar e usar fantoches e dedoches com personagens clássicos e fazer uma sessão de contação de histórias.

Outras datas: Páscoa, Dia do Índio, Dia de Tiradentes e Dia do Descobrimento do Brasil.

Maio

Em maio, o mês das Mães, homenageá-las é fundamental. Datas como essa aproximam a família da escola e permitem trabalhar com as crianças o sentimento de gratidão. Uma proposta válida é deixar os alunos assumirem o protagonismo das atividades. Pergunte a eles como gostariam de fazer a homenagem e os ajude a realizá-la.

Esse tipo de celebração também proporciona uma interação coletiva entre a escola, os alunos e seus responsáveis. Não deixe de considerar o acolhimento às diferentes estruturas familiares, como mães e pais solo e casais homoafetivos.

Formação ContínuaPowered by Rock Convert

Outra data: Dia do Trabalho.

Junho

Junho é um dos meses mais festivos do ano. Assim como o Carnaval, a Festa Junina tem grande relevância dentro da nossa cultura, tanto que é celebrada durante todo o mês. Por isso, ela não pode ficar de fora das atividades pedagógicas.

Decorar a escola com bandeirolas, criar enfeites com as crianças nas aulas de artes e ensinar sobre os aspectos culturais que envolvem a celebração são algumas das formas de aproveitar essa data. É preciso tomar cuidado para não estigmatizar os personagens clássicos da festa, como o sertanejo.

Outra data: Dia do Meio Ambiente.

Julho

Nesse mês, geralmente, as crianças estão de folga. No entanto, a escola poderá oferecer colônias de férias para que elas se divirtam e aproveitem bem o tempo livre. Nesse caso, é importante focar em ações lúdicas e leves como brincadeiras, leitura, filmes, teatro, música, contação de histórias, esportes e outras atividades relevantes.

Agosto

O Dia do Folclore (22 de agosto) é outra opção de destaque entre as datas comemorativas na educação infantil. No Brasil, temos muitos personagens folclóricos icônicos e que trazem lições importantes para os pequenos. Por ser uma temática muito rica, é possível abordar o assunto por várias frentes.

Além das histórias, temos as comidas típicas de cada região e os trava-línguas folclóricos, por exemplo. Uma feira cultural com toda a escola pode ser uma experiência engrandecedora.

Outras datas: Dia dos Pais e Dia do Estudante.

Setembro

O Dia do Trânsito (25 de setembro) pode ser usado para trabalhar a cidadania, ensinar a criança a se proteger nas ruas e a respeitar os transeuntes. Uma maneira de abordar essas regras na prática é criando um cruzamento na sala e fazendo uma encenação. As crianças representarão os carros, os pedestres e o guarda.

Outras datas: Chegada da Primavera e Dia da Independência do Brasil.

Outubro

Neste mês, o Dia das Crianças (12 de outubro) não pode passar em branco, afinal a data é bastante esperada pelos pequenos. O momento é interessante para retratar o tema do consumismo e reforçar a importância de celebrar o lúdico. Nesse cenário, vale planejar algo que os deixe bem à vontade para aproveitar o dia.

Outra data: Dia das Bruxas — o feriado conhecido nos Estados Unidos tem ganhado relevância no Brasil e é propício para aulas e atividades mais criativas.

Novembro

Esse mês é marcado pelo Dia da Consciência Negra (20 de novembro), que é uma maneira relevante de trabalhar a conscientização das crianças em relação à importância da população afrodescendente na nossa sociedade. Uma opção é apresentar a cultura africana por meio de pinturas, música, costumes etc. Nessas atividades, é essencial dar o protagonismo aos alunos negros.

Outra data: Dia da Proclamação da República.

Dezembro

Em dezembro, temos o Natal e o fim das aulas. Vale lembrar que datas religiosas devem ser tratadas com cautela. Já no encerramento do ano escolar, uma ideia é deixar que as crianças contem o que mais gostaram de aprender.

Perceba que retratar datas comemorativas na educação infantil é uma ação importante, pois coloca os temas em debate. No entanto, é primordial que professores e gestores desenvolvam atividades que tenham propósito e valor formativo para os alunos, incentivando-os a conhecer a história e a diversidade cultural do nosso país.

Esse texto foi útil para você? Então, siga as nossas redes sociais e fique por dentro das próximas novidades sobre o universo da educação infantil. Estamos no Facebook e Instagram!

Curriculo segundo os campos de experiência da BNCCPowered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *