Sugestão de 8 atividades para desenvolver na educação infantil

Ao contrário do que muita gente pensa, as atividades para educação infantil não servem só para entreter ou distrair. Elas contribuem também para o desenvolvimento adequado das crianças e, consequentemente, para a formação dos futuros cidadãos do mundo.

Dada a importância das dinâmicas em sala de aula, é fundamental que as escolas de educação infantil proponham uma variedade de processos recreativos durante a elaboração do projeto político pedagógico (PPP).

Neste artigo, vamos mostrar como esse trabalho impacta o aprendizado e sugerir oito atividades para educação infantil que podem ser desenvolvidas com diferentes turmas. Confira!

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

A influência das atividades lúdicas no aprendizado

Brincadeiras e desafios fazem bem ao corpo e à alma de qualquer pessoa. Tanto que muita gente diz que a infância proporciona as melhores lembranças. A criança que ri com os amigos e familiares, se diverte com os colegas e professores da escola e tem momentos de lazer, sente-se motivada a testar e descobrir coisas novas e é mais feliz.

Por trazerem inúmeros benefícios para o público infantil, as atividades dinâmicas e lúdicas precisam fazer parte da rotina da escola, onde as crianças passam boa parte de seus dias. Veja o que essas práticas proporcionam:

Estímulo ao desenvolvimento da criança

Cada brincadeira tem sua importância no processo de crescimento e desenvolvimento infantil. O estímulo acontece a partir de diferentes ações necessárias para a execução das atividades: imaginar, falar, criar, representar — por meio de desenhos, gestos ou textos — e assim por diante.

A prática lúdica permite que a criança tenha contato com regras, enfrente desafios, monte estratégias, explore ambientes e pratique a concentração. Tudo isso ajuda no desenvolvimento global: motor, físico, emocional, cognitivo e intelectual. Em outras palavras, ensina a garotada a pensar e analisar diferentes situações.

Promoção de vínculos e sociabilização

Além de contribuírem com a formação individual de cada criança, as atividades para educação infantil também têm papel importante na sociabilização do público infantil. Afinal, é durante a prática de atividades em grupo que os pequenos aprendem a lidar com perfis diferentes, fazer novas amizades e criar vínculos com pessoas próximas.

Ao conviver com os colegas da escola, a criança assimila o que é companheirismo, desenvolve a tolerância e aprimora suas habilidades de comunicação e negociação. Com o tempo, ela descobre que nem tudo gira em torno de si, e passa a aceitar derrotas e frustrações com a mesma tranquilidade que vivencia vitórias e experiências positivas.

8 sugestões de atividades para educação infantil

Entendendo a importância dos processos lúdicos na escola, os educadores devem definir as atividades individuais ou em grupo que serão realizadas. Para ajudar, listamos 8 brincadeiras que podem ser incluídas no planejamento escolar e trabalhadas com crianças de diferentes faixas etárias. Acompanhe:

1. ABC das frutas

Esse é um exercício muito rápido e dinâmico. Para começar, o professor deve citar as letras do alfabeto, uma a uma, e aguardar as respostas dos alunos. Estes devem falar o nome de frutas que iniciem com a letra indicada. Por exemplo:

  • letra “A”: abacate, abacaxi;
  • letra “B”: banana, butiá;
  • letra “C”: caju, coco.

Assim deve ser até o fim do alfabeto. As crianças adoram esse tipo de atividade porque podem falar à vontade. Ao mesmo tempo, elas descobrem novos nomes e a existência de inúmeras frutas, o que enriquece o vocabulário. O legal é que dá para adaptar o ABC a outros temas, como animais, flores, nomes de pessoas, partes do corpo etc..

2. Desenho e pintura a dedo

Como muitas crianças já sabem manipular aplicativos de celular, uma atividade tão simples como a pintura a dedo pode parecer desinteressante. Porém, o fato de envolver cores e mãozinhas sujas de tinta já é suficiente para divertir os pequenos e estimular a criatividade.

O professor deve distribuir tubos de guache e folhas em branco para cada aluno e, então, propor o desenho livre. Aos poucos, é possível orientar a criação de imagens específicas, o preenchimento de determinadas áreas do desenho e, no caso de crianças maiores, a composição de frases com letras.

3. Escultura com massa de modelar

A tradicional massinha é um excelente material para criar esculturas de bichinhos, pessoas ou qualquer outro elemento que a criança desejar. A ação de manipular o produto contribui para o desenvolvimento da coordenação motora e ainda exercita a musculatura das mãos.

É interessante providenciar massinha de modelar em diferentes cores para que os pequenos consigam detalhar melhor as suas criações. No fim da atividade, o professor pode expor as esculturas e pedir que os alunos descrevam o que fizeram.

4. Teatro de fantoches

As crianças adoram assistir ou fazer apresentações de fantoches. Esse tipo de atividade estimula a imaginação porque exige que os pequenos incorporem as vozes, manias e comportamentos de suas personagens favoritas.

É legal convidar a comunidade para prestigiar ou participar do teatro em determinados momentos. Se for frequente, a união de pais, alunos e professores em sala de aula contribuirá para uma melhor relação entre família e escola.

5. Jogo de adivinhação

Para esse exercício, o educador deve selecionar um aluno por vez e levá-lo para fora da sala. O objetivo é citar um verbo, como “gritar”, “pular”, “correr” e, então, pedir que a criança represente a ação aos colegas utilizando gestos e expressões faciais.

O primeiro aluno que acertar a palavra misteriosa será convidado a sair da sala para fazer a próxima mímica ao restante da turma. Esse jogo de adivinhação é interessante porque faz com que a criança aprenda a se expressar de maneiras diferentes da fala.

6. Vôlei de lençol

Essa atividade é muito divertida e rende boas risadas. O propósito é fazer a garotada trabalhar em conjunto para obter pontuações no vôlei. Ou seja, o sucesso da partida vai depender da contribuição de todos.

Para começar, é preciso dividir a turma em grupos de seis alunos. Cada equipe deve receber um lençol de casal — pode ser um pedaço de tecido grande, contanto que seja leve.

Em seguida, todos os integrantes devem agarrar o pano e esticá-lo para pegar a bola e lançá-la à outra equipe. Dependendo do tamanho da turma, o professor pode montar mais de uma rede e permitir que diversas equipes joguem ao mesmo tempo.

7. Oficina de carimbos

Os pequenos adoram receber carimbos estilizados para colorir ou enfeitar seus materiais. Agora, imagina se puderem criar e utilizar seus próprios modelos? Para isso, basta providenciar um pouco de EVA e itens básicos do material escolar, como lápis, tesoura sem ponta e tinta.

Os alunos devem desenhar figuras simples — flores, bichinhos, bonecos — no EVA e depois recortá-las. Em seguida, podem mergulhar cada molde na tinta e pressionar sobre a superfície desejada para deixar o carimbo. O exercício aguça a criatividade e ainda deixa a turma orgulhosa com suas criações.

8. Dado divertido

Essa brincadeira exige atenção e movimentação. Antes de começá-la, o educador deve confeccionar um dado e, em cada face do brinquedo, escrever uma ação a ser realizada pelas crianças. As palavras podem incluir: pular, rodar, sentar, acenar, deitar e abraçar.

Depois, o objeto é lançado e os alunos devem falar a palavra apresentada enquanto executam a ação. Esse exercício ajuda a associar determinados termos às ações que eles representam. Também é bacana o professor customizar vários dados para englobar outras palavras e, assim, enriquecer ainda mais o vocabulário dos pequenos.

São muitas opções, não é mesmo? Considere que se tratam apenas de sugestões, afinal, existe um monte de atividades para educação infantil. O importante é oferecer uma variedade de práticas que possam formar crianças mais felizes e preparadas para a vida em sociedade.

Gostou deste artigo especial sobre ações recreativas e educativas? Então fique à vontade para deixar sua opinião sobre o assunto aqui nos comentários e sugerir outras atividades para educação infantil que você conhece!