Você sabe fazer um calendário escolar? Nós te ensinamos!

Cuidar da preparação de um calendário escolar é extremamente importante para uma escola. Ele fornece todas as orientações necessárias para o desenvolvimento de atividades com os alunos e organiza a rotina da escola de educação infantil.

Contudo, nem sempre o documento é elaborado da melhor maneira possível, o que pode provocar desentendimentos entre os pais e a escola. Quer entender mais sobre o assunto e saber como fazer um calendário escolar eficiente? Veja as nossas dicas!

O que é um calendário escolar?

É um documento que serve de modelo para a organização e planejamento da escola. Além disso, ele contribui para a satisfação dos pais, que podem se organizar para reuniões, eventos e recessos escolares.

O calendário escolar é uma obrigação de qualquer educação infantil e faz parte dos documentos necessários para a regularização das atividades. Ele precisa conter todos os dias letivos, identificar os feriados, férias de professores e alunos e conter informações referentes às reuniões de pais ou professores.

Ademais, o documento precisa conter as atividades que serão realizadas com os alunos, principalmente quando elas excederem o horário normal de aula ou forem desenvolvidas fora da escola infantil (como um passeio).

Esse documento permite que os pais ou responsáveis legais possam participar de maneira ativa do desenvolvimento de seus filhos e do ambiente escolar. Característica essa muito importante para o crescimento dos alunos, aprendizado e fortalecimento emocional.

Portanto, o calendário escolar precisa ser preparado com antecedência pela gestão da escola e entregue aos pais para que eles possam se planejar para o ano.

Vale lembrar que as atividades complementares oferecidas pela escola também precisam constar no documento, como aulas de música, judô ou balé. Dessa maneira, os pais têm conhecimento sobre o horário das atividades e valor da mensalidade — e a escola tem a chance de aumentar sua receita.

Para que serve o documento?

O calendário escolar incentiva a colaboração entre a gestão da escola, pais, professores e alunos. Muitas vezes, é possível discutir algumas propostas com a família, a fim de compreender suas maiores necessidades ou dificuldades. Essa contribuição pode somar conhecimento para a equipe da escola de educação infantil e aumentar a participação dos alunos durante o ano.

Além disso, é por meio do calendário escolar que os pais podem definir se querem que os filhos permaneçam na escola ou se preferem procurar outra escola infantil que se adapte melhor ao perfil desejado. Sendo assim, ele também é uma ferramenta que, se bem aproveitada, pode ser utilizada para captar alunos.

Como elaborar um calendário escolar próprio para a educação infantil?

Ele é considerado um documento oficial da escola, segundo a Lei de Diretrizes e Bases da Educação nº 9394/96. Por isso, o calendário escolar precisa se adequar às particularidades de cada região, atender as horas letivas exigidas pela norma e garantir a frequência dos alunos.

Por isso, o gestor precisa ter muita atenção ao elaborar o calendário escolar para não se esquecer de nenhuma informação importante. Veja as dicas para preparar um documento completo:

Converse com os pais e professores

Procure conversar com pais e professores sobre as atividades que a escola pretende fazer durante o ano letivo. Essa comunicação é essencial para evitar que uma festa ou apresentação dos alunos seja realizada em uma data inconveniente para os pais. Essa medida simples evitará a falta de alunos no dia do evento.

Avalie os feriados

Os feriados nacionais, locais e demais datas comemorativas precisam ser visualizados antes de programar as atividades do ano letivo. Sendo assim, é necessário marcar essas datas com destaque para que o gestor não agende nenhum compromisso nesses dias. Essa pausa, muitas vezes, é a oportunidade que os pais têm de passar mais tempo com os filhos.

Vale lembrar que a escola precisa atender as expectativas dos pais e as regras da educação, por isso é necessário somar com atenção os dias letivos disponíveis.

Analise o horário de festividades e demais ações com a família

O gestor precisa sempre se lembrar de que os pais têm compromissos com o trabalho, a família e a sociedade. Por isso, é necessário avaliar com cautela os horários de atividades extras, como apresentação do Dia das Mães ou Dia dos Pais, Festa Junina, reunião, apresentação musical, entre outras.

Por isso, procure conversar com os pais para saber qual o dia e horário mais adequado para essas atividades. Seria durante a semana, depois das 19 horas ou o melhor é realizar os eventos em um sábado à tarde?

Avalie o comprometimento dos professores

Nenhuma atividade da escola pode ser realizada sem o apoio dos professores. Por isso eles também devem ser consultados sobre a disponibilidade para participar de atividades fora do horário normal, bem como sobre os trabalhos que serão executados em sala de aula.

O engajamento deles é essencial para manter a qualidade do ensino, garantir o aprendizado e crescimento saudável das crianças. Por esse motivo, eles precisam cumprir com as atividades que serão propostas no calendário escolar.

Crie uma hierarquia de informações no calendário escolar

Após conversar com pais e professores o gestor precisa escrever o documento, seguindo uma estrutura lógica. Para isso, o material precisa conter:

  • cabeçalho;
  • legenda;
  • anotações de feriados;
  • informações sobre os recessos da escola;
  • início e término do ano escolar;
  • dias de avaliação ou atividades complementares;
  • datas de início de cursos complementares;
  • dias de atividades com a família, como reuniões e eventos importantes.

Tome alguns cuidados extras

Caso ocorra alguma alteração no calendário escolar, após sua aprovação, os pais e professores precisam ser avisados o quanto antes por meio de um e-mail, carta ou em reunião. Essa comunicação é obrigatória e garante a participação de todos no processo educacional.

É importante lembrar que o calendário está diretamente ligado ao planejamento escolar. Em conjunto, eles organizam as atividades do ano letivo e oferecem informação substancial para os pais.

Pronto! Agora você já sabe como organizar um calendário escolar eficiente para a sua escola de educação infantil. Se gostou das nossas dicas, siga nossas redes sociais — LinkedIn e Facebook — e receba conteúdos como este em sua timeline!